• Filipe Albuquerque com mais um pódio no Mundial de Endurance
  • Filipe Albuquerque soma mais um pódio no Mundial de Endurance
  • Filipe Albuquerque sai de quinto em Fuji
  • Filipe Albuquerque obteve o 2º lugar em Austin para o Campeonato Mundial de Endurance
  • Filipe Albuquerque vence Mundial de Endurance no México
  • Filipe Albuquerque na 'pole position' no México
  • Filipe Albuquerque ambicioso para a jornada mexicana do Campeonato do Mundo de Endurance
  • Filipe Albuquerque determinado para as 24h de Spa-Francorchamps
  • Filipe Albuquerque no pódio no Blancpain Endurance Series
  • Filipe Albuquerque termina em 10º as 24h de Le Mans
  • Duplo pódio para Filipe Albuquerque em Misano
  • Teste de Filipe Albuquerque para as 24h de Le Mans menos produtivo que o esperado
  • Filipe Albuquerque prepara 24h de Le Mans
  • Filipe Albuquerque enfrenta segunda prova do Blancpain Endurance Series em Silverstone
  • Filipe Albuquerque perto do pódio em Spa
  • Filipe Albuquerque à procura da vitória no Campeonato do Mundo de Endurance
  • Furo rouba vitória a Filipe Albuquerque
  • Filipe Albuquerque vence em Monza
  • Filipe Albuquerque corre este fim-de-semana nos GT's Italianos
  • Filipe Albuquerque recupera até 16º em Monza
  • Filipe Albuquerque com primeira vitória no Mundial de Endurance
  • Filipe Albuquerque sai de 3º para a primeira corrida do Mundial de Endurance em Silverstone
  • Filipe Albuquerque com primeira prova do Mundial de Endurance este fim-de-semana em Silverstone
  • Estreia atribulada para Filipe Albuquerque no Blancpain Sprint Series
  • Filipe Albuquerque no pódio em Sebring
  • Filipe Albuquerque em Sebring para vencer
  • Filipe Albuquerque com o primeiro contacto com o LMP2 da RGR by Morand
  • Filipe Albuquerque testou Audi R8 da WRT em Monza
  • Filipe Albuquerque mais rápido no primeiro dia de testes em Sebring
  • Filipe Albuquerque também no Blancpain Endurance Series
  • Filipe Albuquerque no WEC com a RGR by Morand
  • Filipe Albuquerque perto do pódio nas 24h de Daytona
  • Filipe Albuquerque com a Action Express Racing
  • Filipe Albuquerque com mais um pódio no Mundial de Endurance

    Xangai foi o palco da penúltima jornada do Mundial de Endurance com Filipe Albuquerque a assegurar o sexto pódio da temporada desta feita com o terceiro lugar final. Albuquerque e os seus companheiros de equipa da RGR Sport, Bruno Senna e Ricardo Gonzalez não tiveram a vida facilitada ao longo das seis horas de corrida no entanto, voltaram a cumprir o objectivo de subir ao palanque final.

    No inicio da prova, depois de terem arrancado de quinto, o trio da RGR Sport perdeu demasiado tempo que viria a condicionar o resultado final: "Foi uma pena mas o Bruno ficou preso atrás de um carro mais lento sem o conseguir ultrapassar. Perdemos bastante tempo. E na altura o pódio pareceu-nos uma miragem. Mas daí para a frente foi sempre a recuperar, graças a um excelente andamento. Na última parte da corrida estava a ser muito pressionado, mas fiz os meus 'stints' sem cometer erros e conseguimos assegurar o terceiro lugar do pódio que nos deixou bastante felizes", explicou Filipe Albuquerque.

    Apesar de terem terminado na frente dos mais directos adversários, não foi suficiente para relegarem para o Bahrein a decisão do título: "Foi uma pena mas a vantagem pontual que os nossos adversários tinham era grande. Perdemos demasiados pontos em Le Mans que se viriam a revelar cruciais nesta fase final da temporada. Ainda assim, estamos contentes e prontos para chegar ao 'vice' na derradeira prova", concluiu Filipe Albuquerque.

    O Bahrein fecha a época 2016 do Campeonato a 18 e 19 de Novembro.
  • Filipe Albuquerque soma mais um pódio no Mundial de Endurance

    Filipe Albuquerque arrecadou mais uma pódio no Campeonato do Mundo de Endurance em Fuji, no Japão com o segundo lugar. O piloto português e os seus companheiros de equipa, Bruno Senna e Ricardo Gonzalez estavam, até aos últimos cinco minutos de prova, na liderança da tabela, quando Bruno Senna, foi forçado a ceder o primeiro lugar a um adversário claramente mais rápido em determinadas zonas da pista. No entanto, o segundo lugar acaba por ser extremamente positivo, já que ficaram na frente dos mais directos adversários nas contas do campeonato e continuam a relegar a decisão do título para as duas últimas provas da temporada.

    Ciente que o Ligier da RGR Sport iria estar bastante competitivo em situação de corrida, Albuquerque, Bruno Senna e Ricardo Gonzalez fizeram sempre os seus turnos ao ataque: "Foi uma corrida de loucos. O nosso carro estava bastante competitivo e deu-nos a oportunidade de lutar e ganhar posições. Eu pessoalmente diverti-me bastante nos meus 'stints'. Recuperei de sexto para segundo e impus um ritmo frenético. Acreditei que a vitória viria para nós, mas infelizmente os Oreca têm maior velocidade de ponta e em situações idênticas levam a melhor. Foi o que aconteceu. Mas ainda assim ganhámos pontos ao primeiro classificado que era o principal objectivo", explicou o piloto português que fez a segunda volta mais rápida da corrida.

  • Filipe Albuquerque sai de quinto em Fuji

    Filipe Albuquerque, Bruno Senna e Ricardo Gonzalez vão sair da quinta posição da grelha para as 6h de Fuji que este fim-de-semana tem lugar no Japão. A três rondas do final do Campeonato do Mundo de Endurance o resultado nesta prova é importante para aquele que poderá a vir a ser o desfecho do Mundial. Filipe e os seus companheiros de equipa na RGR Sport ocupam a segunda posição na tabela.

    O quinto lugar na qualificação acaba por não espelhar o andamento que o trio impos no Ligier da estrutura mexicana: "Foi uma questão de sorte porque os resultados foram todos muito próximos. Em termos de andamento estamos contentes e cientes que podemos andar na frente, mas ao mesmo tempo também sabemos que, com margens tão curtas, também podemos cair para quinto. Vamos ver como corre a corrida e sobretudo o 'stint' do Ricardo Gonzalez. Estamos optimistas. A corrida é longa, a pista é exigente e nada pode ser dado como certo a esta altura, mas sabemos o que temos de fazer", explicou Filipe Albuquerque.

    A corrida amanhã arranca pelas 7.30h, hora portuguesa com transmissão em directo no Eurosport.
  • Filipe Albuquerque obteve o 2º lugar em Austin para o Campeonato Mundial de Endurance

    Foi uma corrida bastante dura aquela que Filipe Albuquerque e os seus companheiros de equipa, Bruno Senna e Ricardo Gonzalez tiveram no Circuito das Américas em Austin, no Texas. As altas temperaturas tiveram um papel importante no desempenho de pilotos e máquinas. A sair da terceira posição da grelha, o pódio com o segundo lugar, foi um objectivo conseguido em mais uma jornada do Mundial de Endurance. A equipa mantém-se no segundo posto nas contas do Campeonato quando ainda faltam disputar três jornadas. O arranque para as 6h de Austin sob calor abrasador coube a Bruno Senna, ficando para Filipe Albuquerque reservado as últimas horas de prova: "A primeira parte da corrida foi complicada para nós. Não só pelas altas temperaturas mas também porque as bandeiras amarelas mostradas nessa altura não jogaram a nosso favor. Caímos e recuperámos posições mas quando chegou a minha vez de entrar em pista, estava em terceiro. Recuperei para segundo e as situações de bandeiras amarelas nesse período jogaram a nosso favor. Dei tudo por tudo nessa altura mas o nosso adversário no primeiro lugar tinha os pneus em melhores condições e optei por não correr riscos e assegurar a segunda posição que nestas condições, consideramos uma pequena vitória", explicou o piloto português satisfeito com o terceiro pódio consecutivo no Mundial.

    Assim, a equipa parte para Fugi onde decorre a próxima prova do WEC na segunda posição: "Vamos continuar a lutar sem baixar os braços. Temos estado sempre competitivos e para já tudo pode ainda acontecer", referiu.
  • Filipe Albuquerque vence Mundial de Endurance no México

    Foi uma excelente vitória aquela que Filipe Albuquerque e os seus companheiros de equipa, Bruno Senna e Ricardo Gonzalez conseguiram no México em mais uma jornada do Mundial de Endurance. A corrida foi longa, difícil, com alguns percalços mas também com uma ponta de sorte para os pilotos do Ligier da RGR Sport, que depois de terem conquistado a 'pole position' sobem ao lugar mais alto do pódio e conseguem a sua segunda vitória no Mundial, consolidando a segunda posição na tabela classificativa.

    A sair do primeiro lugar da grelha tudo estava no caminho certo para Filipe, Bruno e Ricardo protagonizarem uma boa corrida, no entanto, nem tudo foram facilidades: "No início tudo estava a correr bem. Mantivemos o primeiro lugar e estávamos a ganhar margem quando pequenos percalços nos fizeram cair para o terceiro lugar. Mantivemos a luta e na altura em que entrei no carro dei o tudo por tudo em condições bastante difíceis. Tive alguma sorte, aproveitei os problemas dos outros e assumi o comando da prova, mantive a cabeça fria aquando das investidas dos adversários, e conseguimos uma vitória muito saborosa. Uma vitória em casa para a equipa e para o Ricardo com uma festa fantástica do público. Não poderíamos querer mais", explicou.

    Albuquerque, Senna e Gonzalez consolidam a segunda posição nas contas do Campeonato e esperam continuar esta aproximação aos líderes já na próxima prova dentro de 15 dias em Austin: "Este resultado é uma motivação adicional para as próximas provas. Estamos focados e determinados em continuar a lutar para chegar mais longe", concluiu.
  • Filipe Albuquerque na 'pole position' no México

    Filipe Albuquerque e os seus companheiros de equipa na RGR Sport, Bruno Senna e Ricardo Gonzalez, asseguraram a 'pole position' entre os LMP2 para a corrida do México do Campeonato do Mundo de Endurance. O trio do Ligier é segundo classificado nas contas do campeonato e espera no final da prova aproximar-se pontualmente do líder.

    Desde cedo que Filipe soube que teriam um carro extremamente competitivo naquela que é a primeira visita do WEC ao México: "Percebemos que teríamos condições de lutar pela 'pole', mas nos treinos livres optámos para testar algumas soluções em vez de pensarmos nos tempos. O carro está muito bom com o melhor andamento do ano e isso deixa-nos muito optimistas para a corrida de amanhã", começou por explicar.

    Assim, e com este resultado, o objectivo é muito claro: "Lutar pela vitória pese embora saibamos que em seis horas de prova tudo pode acontecer. Nesta pista as ultrapassagens são muito complicadas pelo que estar na frente é uma mais valia. Vamos entrar com calma mas muito certos do que temos para fazer", rematou Filipe muito confiante em conseguir reduzir a diferença pontual para os líderes do Campeonato.

    O Motors Tv transmite a prova amanhã a partir das 19.30h.
  • Filipe Albuquerque ambicioso para a jornada mexicana do Campeonato do Mundo de Endurance

    É já este fim-de-semana de 2 e 3 de Setembro que tem lugar mais uma jornada do Campeonato do Mundo de Endurance (WEC) pela primeira vez no Circuito Hermanos Rodriguez no México. Filipe Albuquerque e os seus companheiros de equipa Bruno Senna e Ricardo Gonzalez estão focados em brilhar naquela que será a jornada em 'casa' da equipa RGR Sport. A ocupar a segunda posição nas contas do Campeonato entre os LMP2 e depois de terem aberto a época com uma vitória, a ambição do trio do Ligier com o #43 passa por assegurar um lugar no pódio: "É a primeira vez que o Campeonato visita este circuito pelo que não existem referências para ninguém. Vai ser uma verdadeira descoberta e estou entusiasmado com isso. Vai ser uma prova muito importante para a equipa onde só o sucesso nos irá satisfazer verdadeiramente. Um pódio seria uma excelente resultado mas claro que para o Ricardo, mexicano, a vitória seria o auge", começou por explicar Filipe Albuquerque. Há no entanto que ter em conta diversos factores para uma corrida tão importante como as 6 horas do Mexico: "Vamos estar a cerca de 2300 metros de altitude e isso influencia o comportamento do carro. Para além disso ainda não sabemos qual o tipo de aerodinâmica que o traçado exige. O máximo 'downforce' será mais favorável do que o contrário. Vamos ver os indicadores dos treinos livres e ajustar da melhor forma possível o carro para atingirmos os nossos objectivos. Vamos ter muito apoio do público e isso é também um factor a ter em conta. Estamos entusiasmados", concluiu o piloto português. O programa da prova prevê as sessões de treinos na quinta-feira dia 1 de Setembro. Na sexta terá lugar a qualificação e no sábado as 6h de corrida. O Motors Tv transmite a prova a partir das 18.15h de sábado.
  • Filipe Albuquerque determinado para as 24h de Spa-Francorchamps

    Filipe Albuquerque já está em Spa-Francorchamps onde este fim-de-semana de 30 e 31 de Julho decorre mais uma jornada do Blacpain Endurance Series. Ao volante do Audi R8 LMS da WRT e com Rodrigo Baptista e Jan Magnussen como companheiros de equipa, o piloto português está preparado para enfrentar a mítica e exigente prova e mostra alguma ambição quanto ao resultado final: rodar nos dez melhores e chegar o mais longe possível na classificação final.

    Para Filipe Albuquerque é importante, depois do terceiro lugar conquistado na jornada anterior: "Manter as expectativas um pouco mais elevadas. . É certo que não temos um conjunto de pilotos tão experientes como as outras equipas que nos permita chegar a Spa e assumir algum favoritismo. Mas podemos ser ambiciosos e lutar. A nossa principal preocupação é assegurar uma posição para a 'super-pole' onde estarão os 20 melhores e depois qualificar no top 10. A corrida é muito longa e são vários os factores a ter em conta. Se o nosso trabalho for bem feito e sem percalços acredito que conseguiremos uma boa classificação final. Veremos", explicou o piloto luso.

    Amanhã, terá lugar a 'super pole' e no sábado arranca a corrida com transmissão em directo no Motors Tv a partir das 15h.
  • Filipe Albuquerque no pódio no Blancpain Endurance Series

    Filipe Albuquerque terminou a terceira corrida do Blancpain Endurance Series no terceiro lugar do pódio depois de ter largado da 20ª posição da grelha. Um recuperação notável do trio do Audi R8 LMS com o #3 que este fim-de-semana era constituído por dois pilotos 'rookies', Jan Magnussen e o habitual Rodrigo Baptista.

    Seis horas de uma corrida alucinante onde o ponto de honra foi sempre recuperar lugares: "A qualificação não correu bem e sair de 20º não era de todo o lugar ideal. Traçámos como meta chegar aos lugares pontuáveis, mas tudo começou a correr pelo melhor. O Jan Magnussen fez uma corrida notável para estreante e o mesmo aconteceu com o Rodrigo que mais familiarizado com o carro e com o campeonato conseguiu um excelente desempenho", começou por referir.

    Quando chegou a altura de Filipe entrar no carro, o piloto português sabia que rodando nos limites o pódio seria possível: "Felizmente que a nossa estratégia funcionou na perfeição. E quando entrei em pista fiz os 'stints' sempre no limite. Este pódio é muito gratificante depois de um inicio de época mais atribulado. Estamos todos de Parabéns pelo trabalho e sobretudo pela humildade", concluiu Filipe Albuquerque.

    A próxima corrida do Blancpain será as 24h de Spa de 28-31 de Julho.
  • Filipe Albuquerque termina em 10º as 24h de Le Mans

    Desde cedo que a prestação de Filipe Albuquerque nas 24h de Le Mans ficou condicionada devido a um problema de motor. No entanto, o piloto português e os seus companheiros de equipa na RGR Sport by Morand, Ricardo Gonzalez e Bruno Senna de tudo fizeram para recuperar o maior número de posições que acabou por se traduzir no 10º lugar entre os LMP2 e em 5º nas equipas que pontuam para o Campeonato do Mundo de Endurance.

    Depois da perda de oito voltas logo após a terceira hora de prova devido a um problema de motor, durante a noite o Ligier teve ainda outra paragem demorada nas boxes para solucionar um problema de suspensão: "Em termos de resultado final ficámos longe do nosso objectivo mas desde cedo que nos apercebemos disso. Procurámos minimizar os estragos e pensar nas contas do campeonato. E o quinto lugar acaba por ser 'menos mau' em termos de pontos para o Campeonato. Fica no entanto a satisfação de termos feito uma corrida isenta de erros e sempre com um excelente ritmo. Pensei que à terceira seria de vez, mas também não foi. Para o ano haverá mais", disse Filipe Albuquerque ciente que numa corrida desta natureza a fiabilidade dos carros tem o papel principal.

    Filipe centra agora atenções na próxima prova do Campeonato que decorre a 24 de Julho em Nurburgring.
  • Duplo pódio para Filipe Albuquerque em Misano

    Realizou-se este fim-de-semana mais uma jornada do Campeonato Italiano de GT no traçado italiano de Misano. Filipe Albuquerque e o seu companheiro de equipa, Marco Mapelli conseguiram dois pódios com o terceiro lugar na primeira corrida e um segundo na segunda. Lideram de forma destacada as contas do Campeonato.
    Tal como Filipe previa, a conquista das vitórias foi condicionada pelo 'handicap' que arredou a dupla luso italiana dos primeiros lugares depois de terem conseguido a 'pole' para a segunda corrida: "Na primeira prova saímos de segundo, perdemos algumas posições no arranque mas depois fomos paulatinamente recuperando. O meu colega de equipa entregou-me o carro em segundo mas, com os 25 segundos de 'handicap', quando entrei em pista, já era oitavo. Dei o máximo até chegar a quarto, que acabaria por ser terceiro devido à desclassificação de um adversário", explicou Filipe que com o terceiro posto lhe foi imposto um 'handicap' de 30 segundos para a segunda corrida.
    "Arranquei bem e fui ganhando vantagem na frente da corrida. Sabia que os 30 segundos de penalização iam ser muito complicados de recuperar. Fiz tudo o que pude e entreguei o carro com uma boa margem na frente, mas quando o Marco entrou em pista já era quarto. Conseguiu ainda subir duas posições. E no final, mesmo com todo o 'handicap', dois pódios foram excelentes para nós, até porque consolidamos a primeira posição nas contas do Campeonato", explicou Filipe Albuquerque.

    Depois de mais dois brilhantes resultados, o piloto português parte agora para Le Mans onde no próximo fim-de-semana disputa as 24h.
  • Teste de Filipe Albuquerque para as 24h de Le Mans menos produtivo que o esperado

    O 'pre-test' oficial das 24h de Le Mans que decorreu hoje no mitico circuito francês não foi tão produtivo como Filipe Albuquerque esperava. Um problema no Ligier da RGR Sport by Morand condicionou o trabalho em pista do piloto português e dos seus companheiros de equipa, Bruno Senna e Ricardo Gonzalez.

    Os resultados e o trabalho ficou aquém das expectativas de todos: "Não foi um dia feliz para nós. Mas ainda bem que aconteceu em teste e não em prova propriamente dita. Tivemos um problema no carro que só descobrimos mais tarde do que tratava. Isso fez-nos perder muito tempo na boxe. Não rodámos o que queríamos nem trabalhámos no 'set-up' como tínhamos planeado. Vamos ter de fazer tudo isto em situação de corrida. Mas, sabemos que temos uma boa base e que o Ligier é competitivo. Vamos ter de ser rápidos a encontrar o acerto para não ficarmos em desvantagem. Mas estou óptimista e ciente que temos condições para vencer e continuar na liderança do Campeonato", explicou Filipe Albuquerque que tem 15 dias até enfrentar a prova mais dura do endurance mundial: as 24h de Le Mans.

    Comunicado de Imprensa
    5 de Junho 2016
  • Filipe Albuquerque prepara 24h de Le Mans

    É já este Domingo, 5 de Junho que o mítico circuito de Le Mans recebe as cerca de 60 equipas inscritas nas 24h de Le Mans para o 'pre-test' oficial, 15 dias antes do arranque da mais emblemática prova do endurance mundial.

    Filipe Albuquerque alinha pela terceira vez na prova, mas este ano com a particularidade de ser o primeiro com um LMP2, o Ligier da RGR Sport by Morand. O piloto português faz equipa com Bruno Senna e Ricardo Gonzalez e chegam a Le Mans no comando do Campeonato do Mundo pelo que são encarados como uma das equipas favoritas à vitória. Mas, para este teste equipa técnica e pilotos centram-se sobretudo: "Na afinação do carro. Mais importante que ter o Ligier rápido numa prova como esta é a sua fiabilidade e consistência. Este teste será muito importante e temos de trabalhar bastante. A corrida vai ser muito dura, a classe LMP2 é a mas disputada e com mais carros. São várias as equipas com condições de chegar ao primeiro lugar. Não podemos ceder espaço mas sim trabalhar afincadamente para estarmos melhor. É isso que vamos fazer este Domingo", explicou.
  • Filipe Albuquerque enfrenta segunda prova do Blancpain Endurance Series em Silverstone

    Mais um fim-de-semana de competição para Filipe Albuquerque desta feita em Silverstone para a segunda prova do Blancpain Endurance Series. Ao volante do Audi R8 LMS da BWRT e tendo Sergio Jimenez e Rodrigo Baptista como companheiros de equipa, o piloto português espera principalmente terminar a prova nos lugares pontuáveis.

    A competitividade do Blancpain Endurance Series aliada ao número de pilotos em pista torna-o bastante exigente sobretudo quando a grande maioria tem larga experiência neste tipo de provas: "Acho que o principal objectivo é terminar a corrida nos pontos mas para isso precisamos de encontrar um 'set-up' mais adequado. Na última prova sofremos bastante com a falta de andamento e não podemos correr o risco que se volte a repetir. Depois da prova do GT Italiano também com o R8 LMS tenho algumas ideias daquilo que poderemos fazer para estarmos em melhor plano", começou poe referir.

    Apesar de Silverstone ser uma pista que conhece bem, Filipe sabe que há outros factores a ter em consideração: "Sobretudo ao nível da estratégia. Temos que a definir bastante bem e por antecipação sobretudo para a qualificação. São vários detalhes a ter em consideração para atingirmos os nossos objectivos", rematou o piloto da Audi Sport ciente do trabalho que tem de desenvolver ao longo do fim-de-semana.
  • Filipe Albuquerque perto do pódio em Spa

    Filipe Albuquerque terminou a segunda corrida do Campeonato do Mundo Endurance em Spa-Francorchamps na quarta posição depois de ter estado até à última curva no terceiro posto. Os problemas de andamento do Ligier foram notórios ao longo de todo o fim-de-semana e acabaram por ditar o desfecho final. No entanto, o piloto português e os seus companheiros de equipa, Bruno Senna e Ricardo Baptista continuam na primeira posição do campeonato do mundo.

    Os pilotos da RGR Sport by Morand largaram para as 6h de Spa da sexta posição da grelha, recuperaram até quarto mas viriam a cair para sétimo dando depois inicio à recuperação com um protótipo claramente mais lento: "Sofremos ao longo de todo o fim-de-semana com uma enorme diferença de andamento fruto do pacote aerodinâmico. Procurámos minimizar estas diferenças da melhor forma ao longo da corrida. E o quarto lugar acaba por ser um bom resultado", começou por explicar.

    "Foi uma corrida bastante difícil, muitas vezes sentimo-nos impotentes face à performance dos nossos adversários. A entrada do 'safety-car' perto do fim também não nos ajudou em nada. Tenho pena de termos perdido o pódio nas últimas curvas, mas foi impossível segurar. Somámos pontos importantes para as contas do Campeonato e mantemos o primeiro lugar que é o mais importante. Agora segue-se as 24h de Le Mans e esperamos conseguir ter o Ligier mais adaptado para atingirmos os nossos objectivos",concluiu Filipe Albuquerque.
  • Filipe Albuquerque à procura da vitória no Campeonato do Mundo de Endurance

    Filipe Albuquerque enfrenta, este sábado, 7 de Maio, a segunda jornada do Campeonato do Mundo de Endurance no mítico traçado de Spa-Francorchamps na Bélgica. Depois da vitória entre os LMP2 na jornada inaugural em Silverstone, o piloto português não tem outro objectivo que não seja vencer este segundo confronto.

    Ao volante do Ligier da RGR Sport By Morand e partilhando a condução com Ricardo Gonzalez e Bruno Senna, Filipe tem razões que sobra para o optimismo: "Estou ansioso por entrar em pista. Primeiro porque Spa é dos meus circuitos preferidos, depois porque temos um carro muito competitivo e rápido e finalmente porque vimos de uma vitória que nos dá uma confiança muito grande. Isto leva-nos a pensar unicamente na vitória e em continuar na frente do Campeonato. Sabemos que Spa é um circuito exigente e que obriga a um 'set-up' muito próprio mas já temos ideias do que fazer para acertar o carro. Temos todas as condições para ter um grande fim-de-semana", disse Albuquerque.

    O fim-de-semana do WEC em Spa prevê as sessões de treinos livres amanhã, quinta-feira, a qualificação na sexta e a corrida no sábado. Corrida essa que terá transmissão em directo no Motors TV às 13.15.

    Comunicado de Imprensa
    04 de Maio 2016
  • Furo rouba vitória a Filipe Albuquerque

    Estava tudo encaminhado para que Filipe Albuquerque e o seu companheiro de equipa Marco Mapelli conseguissem a segunda vitória do fim-de-semana em Monza onde teve lugar a jornada de abertura do Campeonato Italiano de GT. No entanto, um furo obrigou o piloto português a uma paragem nas boxes extra e consequentemente a perda do primeiro lugar obrigando a dupla da Audi Sport Italia a cruzar a linha de meta no 11º posto.

    Depois da vitória conseguida ontem ao volante do Audi R8 LMS Filipe esperava sair de Monza no primeiro lugar do Campeonato, e a 'pole postion' para a corrida de hoje dava bons indicadores para que fosse possível: "O Marco manteve o primeiro lugar no turno dele, depois na troca de pilotos perdemos essa posição devido aos 15 segundos de handicap, mas acabaria por recuperar. Quando inesperadamente o pneu rebenta e sou forçado a vir às boxes. Foi o desaire. Acontece mas quando se está na frente custa ainda mais. A parte positiva é que na próxima prova não temos handicap e isso ajuda", explicou o piloto português que já centra atenções na próxima corrida.

    Comunicado de Imprensa
    01 de Maio 2016
  • Filipe Albuquerque vence em Monza

    Filipe Albuquerque venceu esta tarde a primeira corrida do Campeonato Italiano de GT que este fim-de-semana arranca no traçado de Monza. Ao volante do Audi R8 LMS da Audi Sport Italia, o piloto português e o seu companheiro de equipa, Marco Mapelli tiveram uma corrida muito disputada de início ao fim, mas com a vitória a sorrir ao piloto luso.

    A sair da terceira posição da grelha, Filipe sabia da importância de não perder de vista os seus mais directos adversários: "Foram lutas muito interessantes e a vitória foi disputada até ao passar da meta. O Audi R8 estava bastante competitivo, a equipa fez um trabalho extraordinário, e consegui impor um bom ritmo até entregar o carro ao meu companheiro de equipa que conseguiu subir para primeiro e defender-se dos ataques dos adversários. Foi uma vitória suada", disse.

    Para a segunda corrida, Albuquerque e Mapelli estão na 'pole-position' e esperam conseguir mais uma vitória e assumir o comando do campeonato desde a primeira prova.

    Comunicado de Imprensa
    30 de Abril 2016
  • Filipe Albuquerque corre este fim-de-semana nos GT's Italianos

    Filipe Albuquerque alinha este fim-de-semana em Monza na primeira prova do Campeonato Italiano de GT com a equipa com a qual se sagrou Vice-Campeão em 2011, a Audi Sport Italia. Ao volante do Audi R8 LMS e tendo como companheiro de equipa o vice-campeão em título Marco Mapelii, o piloto português está esperançado em terminar a prova nos lugares do pódio.

    A participação no passado fim-de-semana no Blancpain em Monza e com o mesmo carro, Filipe está ciente que esta não é a melhor pista para o R8 mas espera, em conjunto com Mapelli, conseguir reduzi r algumas lacunas: "Estou muito contente por voltar ao seio de uma equipa que foi sem dúvida importante no meu lançamento nas categorias de GT. É uma equipa excelente e com aspirações ao título. Por isso, farei o meu trabalho o melhor possível para ajudá-los nesta missão. Sabemos que Monza não é o circuito ideal para o nosso carro, pois é um pista muito rápida com rectas longas e infelizmente falta-nos alguma velocidade de ponta. Mas como tanto eu como o Marco estivemos no Blancpain no passado fim-de-semana sabemos exactamente para o que vamos e que alterações fazer para atingirmos os nossos objectivos. Acredito num resultado no pódio", disse Albuquerque.

    Comunicado de Imprensa
    27 de Abril 2016
  • Filipe Albuquerque recupera até 16º em Monza

    Foi um fim-de-semana duro aquele que Filipe Albuquerque teve em Monza para a primeira jornada do Blancpain Endurance Series ao volante do Audi R8 LMS da BWRT. Num Campeonato que coloca cerca de 60 carros em pista e onde as diferenças são muito curtas a performance das máquinas e o desempenho dos pilotos fazem a diferença. Na qualificação Albuquerque e os seus companheiros de equipa Sergio Jimenez e Rodrigo Baptista não foram além do 27º lugar e pese embora tivessem feito uma excelente recuperação na corrida até ao 16º posto, o resultado está longe das aspirações do piloto português.

    "Foi um fim-de-semana difícil para a Audi e em especial para nós. Tivemos falta de andamento e falta de velocidade de ponta que dificultou o desempenho na qualificação mas também nas ultrapassagens na corrida. A aliar a tudo isso, quando se está numa grelha com 60 carros em pista e com pilotos muito experientes, o mínimo detalhe faz a diferença e o nosso 'gentleman driver' ainda está a adaptar-se a esta realidade", explicou.

    O trio do Audi #3 saiu da 27ª posição mas caiu para o 34º lugar e conseguiu recuperar até 16º: "E podíamos ter recuperado pelo menos mais 4 lugares não tivéssemos cometido erros nas boxes. Temos de continuar a trabalhar no carro para estarmos mais competitivos e conseguirmos minimizar as diferenças de andamento", rematou Filipe Albuquerque.

    A próxima prova do Campeonato acontece em Siverstone a 14 e 15 de Maio.
  • Filipe Albuquerque com primeira vitória no Mundial de Endurance

    A estreia de Filipe Albuquerque no Campeonato do Mundo de Endurance (WEC) ao volante de um LMP2 não poderia ter sido melhor. O piloto português e seus companheiros de equipa na RGR Sport By Morand, Ricardo Gonzalez e Bruno Senna, venceram de forma categórica as 6h de Silverstone não dando qualquer hipótese aos seus adversários e assumindo-se como principais candidatos ao título.

    A sair da terceira posição da grelha, coube a Bruno Senna o arranque com o Ligier JSP2 intercalando os 'stints' com Ricardo Gonzalez. A Filipe Albuquerque coube as duas últimas horas de prova. O piloto português entrou em pista no comando da corrida e foi paulatinamente ganhado e gerindo a vantagem de forma a subir ao lugar mais alto do pódio: "Estamos muito contentes com este início de campeonato. Fizemos exactamente o que nos comprometemos sem um único erro ao longo das seis horas de corrida. Isso é muito gratificante quando estamos a falar de pilotos que estão a correr juntos pela primeira vez num carro que desconheciam", começou por explicar.

    Filipe, Ricardo e Bruno lideram o Mundial de Endurance e acreditam que mais vitórias se seguirão daqui para a frente: "Apesar de sabermos que entre os LMP2 há vários candidatos à vitória, como ficou provado na corrida de hoje, também estamos conscientes do nosso potencial. Vamos ter um campeonato muito duro com muitas lutas mas depois do que fizemos hoje, a vitória será sempre o nosso objectivo", referiu o piloto português que lidera assim o Campeonato.
    A próxima prova do WEC terá lugar em Spa-Francorchamps a 7 de Maio.
  • Filipe Albuquerque sai de 3º para a primeira corrida do Mundial de Endurance em Silverstone

    Filipe Albuquerque e os seus companheiros de equipa Bruno Senna e Ricardo Gonzalez vão largar para a primeira corrida do Campeonato do Mundo de Endurance da terceira posição da grelha entre os LMP2. Um resultado encorajador naquela que é estreia da equipa e também de Filipe no Mundial com um LMP2, o Ligier JSP2 da RGR by Morand.

    Coube a Albuquerque e a Ricardo Gonzalez efectuarem a sessão de qualificação, mas infelizmente o piloto português não conseguiu fazer a última volta quando a pista já estava mais seca não melhorando o crono inicial, tendo a média de tempos dos dois pilotos ditado o 3º lugar da grelha.: "Estamos satisfeitos com a posição na grelha. Podia ser melhor mas a estratégia não resultou a nosso favor. Foi uma sessão difícil e antevê-se também uma corrida complicada. Não rodámos com piso seco e são essas as condições esperadas para amanhã. Vamos ter de trabalhar bastante para encontrarmos o 'set-up' ideal para essas condições. Sabemos que temos andamento e que vamos por isso lutar pela vitória. Dar o melhor é a nossa missão", explicou Filipe que irá ver amanhã Bruno Senna efectuar o arranque para as 6h de Silverstone.

    A corrida começa amanhã pelas 12h e as duas ultimas horas de prova podem ser acompanhadas no Eurosport das 16h às 18h. Os resultados podem ser vistos em: http://www.fiawec.com/races/6-hours-of-silverstone/results-and-chrono.html
  • Filipe Albuquerque com primeira prova do Mundial de Endurance este fim-de-semana em Silverstone

    Arranca já este fim-de-semana de 16 e 17 de Abril, a jornada 2016 do Campeonato do Mundo de Endurance (WEC) no traçado inglês de Silverstone. Filipe Albuquerque está entusiasmado com a sua participação no Campeonato ao volante do Ligier da RGR by Morand. Depois das últimas duas épocas no ELMS com um carro da categoria LMP2, este ano é a grande oportunidade de o piloto português disputar todas as provas do mundial e lutar pelo título entre os LMP2.

    Albuquerque fará equipa com Bruno Senna e Ricardo González e terão em Silverstone o primeiro grande confronto: "Apesar da equipa ser nova é constituída por pilotos e técnicos muito experientes que têm feito um trabalho extraordinário na evolução do carro e na preparação deste início de época. Esta primeira prova é muito importante para percebermos onde nos situamos face aos nossos adversários mas estou optimista e confiante para lutar pelos lugares do pódio", explicou.

    O Eurosport transmite parte da corrida em directo no Domingo a partir das 16h. Todas as restantes informações podem ser encontradas em: www.fiawec.com
  • Estreia atribulada para Filipe Albuquerque no Blancpain Sprint Series

    A primeira corrida do ano do Blancpain Sprint Series que este fim-de-semana teve lugar no traçado italiano de Misano foi atribulada para Filipe Albuquerque e o seu companheiro de equipa, Rodrigo Batista, que não conseguiram os resultados idealizados. Na primeira corrida Filipe arrancou de 18º, entregou o carro a Rodrigo em 5º, mas o piloto brasileiro viria a protagonizar um acidente o que culminou com a desistência. Na segunda prova, largaram de 33º e cruzaram a linha de meta no 21º lugar. Os contratempos começaram logo desde a qualificação. Uma má estratégia da equipa não permitiu a Filipe Albuquerque fazer uma volta que fosse na Q3, ficando com o 18º lugar da grelha: "Na primeira corrida a pista estava molhada mas a secar. Decidi arrancar com pneus de chuva e consegui recuperar até ao quinto lugar. Fiz um 'stint' isento de erros e sempre ao ataque. Depois uma situação de bandeiras amarelas fez-nos cair duas posições. Estava tudo no caminho certo para continuarmos a ganhar terreno mas o meu companheiro de equipa teve um acidente e desistimos a poucos minutos do final", explicou o piloto português que acabou por ficar com o 33º lugar da classificação final, posição em que infelizmente viria a arrancar para a segunda prova. "Ainda mais atrás, tudo seria mais complicado. Sobretudo porque a segunda corrida disputou-se com o piso seco onde as ultrapassagens são mais difíceis. Para além disso, o nosso carro apresentava algum problema nestas condições que a equipa não conseguiu resolver. Vamos esperar que até à próxima prova a WRT tenha encontrado a solução e que possamos extrair todo o potencial do Audi R8 que já provou ser uma carro ganhador", concluiu Filipe Albuquerque. No próximo fim-de-semana o piloto da Audi centra atenções no WEC onde irá disputar a primeira corrida ao volante do Ligier LMP 2 da RGR by Morand em Silverstone.
  • Filipe Albuquerque no pódio em Sebring

    A vitória nas 12h de Sebring estavam praticamente nas mãos de Filipe Albuquerque e dos seus companheiros de equipa na Action Express Racing, mas a sete voltas do final, os adversários impuseram um ritmo mais forte e relegaram para o terceiro lugar do pódio Albuquerque, João Barbosa e Christian Fittipaldi. Um resultado inglório depois de terem liderado grande parte da prova.

    Filipe não escondia a frustração por um lado mas ao mesmo tempo a satisfação de estar no pódio numa prova exigente que foi marcada por muito incidentes mas sobretudo pelo mau tempo que levou mesmo à interrupção por um longo período: "É frustrante estar na frente por tanto tempo e no final não ter andamento para segurar o Ligier adversário, mas o 'balance of performance' deles é diferente do nosso e isso ficou claro na fase final da corrida. Fizemos um excelente trabalho e sobrevivemos a tudo mas as últimas sete voltas foram muito duras e mais duro ainda saber que a vitória estava ali tão perto e nos ia escapar. Foi o que aconteceu mas vamos continuar a fazer o nosso trabalho e a acreditar que a vitória surgirá mais cedo ou mais tarde". referiu.

    A próxima prova do North American Endurance Cup acontece a 3 de Julho com as 6h de Watkins Glen.
  • Filipe Albuquerque em Sebring para vencer

    Filipe Albuquerque tem este fim-de-semana de 18 e 19 de Março o segundo desafio da época do Tequila Patron North American Endurance Cup com a Action Express Racing. Depois do quarto lugar conseguido nas 24h de Daytona, o piloto português e os seus companheiros de equipa só pensam na vitória.

    O primeiro lugar conseguido pela equipa em 2015 aliado aos resultados do último teste naquele mesmo traçado conferem o estatuto de candidatos à vitória, missão que Filipe tem bem presente na sua mente: "Nem me passa pela cabeça outro resultado. A organização já fez os ajustes devidos no 'balance of performance' dos carros, pelo que agora está tudo mais equilibrado. Estivemos na liderança nas 24h de Daytona, o Corvette tem um excelente andamento e temos pilotos muito motivados e focados no resultado. Acho que estão todas as condições reunidas para a primeira vitória da época", começou por explicar.

    Apesar de confiante Filipe sabe que as 12h de Sebring são complicadas e exigentes: "É uma corrida sempre com muitos incidentes e situações de bandeiras amarelas. O ano passado o 'safety-car' esteve em pista mais de 5h. É preciso fazer uma boa gestão de tudo e agir na altura certa para tirar partido de todas as situações. O principal é sabermos exactamente o que queremos e aí não há dúvidas", concluiu o piloto português determinado em subir ao lugar mais alto do pódio assim como amealhar o maior número de pontos no decorrer de toda a prova.
  • Filipe Albuquerque com o primeiro contacto com o LMP2 da RGR by Morand

    Filipe Albuquerque esteve nos últimos quatro dias em Aragon a testar pela primeira vez o LMP2 da RGR by Morand. Um teste longo mas muito importante para coesão da equipa e adaptação ao novo protótipo. O piloto português teve oportunidade de conhecer a estrutura e pilotos, Bruno Senna e Ricardo Gonzalez, com quem irá fazer o Campeonato do Mundo de Resistência (WEC).

    "Foram dias muito produtivos com muito trabalho dentro e fora de pista. Criámos um bom método de trabalho que penso foi do agrado de todos. Trabalhámos nas afinações do carro e fiquei surpreendido positivamente porque todos estávamos de acordo no caminho a seguir. Foi um enorme prazer sentar-me pela primeira vez ao volante do Ligier JS P2 Nissan. Fizemos muitos quilómetros, recolhemos muita informação e agora há que trabalhar nos dados para que no próximo teste, em Paul Ricard, seja apenas acertar pormenores. Estamos no bom caminho", referiu Filipe Albuquerque preparado para mais este desafio na sua carreira.
  • Filipe Albuquerque testou Audi R8 da WRT em Monza

    Filipe Albuquerque esteve nos últimos dias em Monza a preparar a época 2016 do Blancpain Endurance Series com a WRT. Um bom teste que permitiu ao piloto português adaptar-se de novo ao Audi R8 assim como preparar da melhor forma o início da época.

    Filipe ajudou ainda o seu companheiro de equipa, Rodrigo Baptista, a adaptar-se a esta nova realidade: "Foi muito bom estar de volta ao volante do Audi R8 no circuito de Monza, a pista onde ganhei a primeira corrida com este carro. Senti-me à vontade desde o primeiro instante e rapidamente recuperei o 'feeling', que era a minha principal meta para este teste. Depois centrámos o trabalho no Rodrigo e na melhor forma de o adaptar a esta realidade uma vez que vem dos formulas. No final correu tudo bem. Vamos continuar o trabalho para chegar à primeira corrida o melhor preparados possível", explicou Filipe.

    A primeira prova do Blacpain Endurance Series terá lugar neste mesmo circuito, Monza de 22 a 24 de Abril.
  • Filipe Albuquerque mais rápido no primeiro dia de testes em Sebring

    Filipe Albuquerque esteve, nos últimos dois dias, em Sebring onde preparou a próxima prova do Tequila Patron North American Endurance Cup que terá lugar no próximo fim-de-semana de 18 e 19 de Março com as 12h de Sebring. No primeira dia de treinos o piloto português marcou o andamento ao ser ao mais rápido no computo geral com 1.51.965. Ontem, Albuquerque, Christian Fittipaldi e Scott Pruett foram os 4º mais rápidos no treino da manhã e voltaram ao topo da tabela no treino da tarde. Um excelente indicador quando se aproxima uma prova onde a equipa saiu vencedora no ano passado.

    Para Filipe Albuquerque foi um treino muito importante num circuito que proporciona corridas muito disputadas e onde a adaptação é fundamental para o sucesso: "Correu muito bem. Não nos podemos queixar. O 'set-up' que trabalhámos confirmou o bom andamento. Os LMP2 estão também rápidos devido ao 'Balance of performance' ainda não estar ajustado da melhor forma. Mas terminámos estes dois dias com o sentimento de trabalho feito com sucesso. A equipa está muito confiante. Temos de continuar a trabalhar mas acredito que vamos estar em posição de discutir a vitória", explicou o piloto português que este ano terá o seu programa desportivo amplamente alargado. Para além das corridas nos Estados Unidos vai ainda fazer o Mundial de Endurance (WEC) e conforme foi anunciado ontem, o Blancpain Endurance Series.

    A próxima prova é mesmo nos 'States' a 18 e 19 de Março com as 12 de Sebring.
  • Filipe Albuquerque também no Blancpain Endurance Series

    Filipe Albuquerque vai ter em 2016 um programa desportivo muito vasto. Para além de disputar o Campeonato do Mundo de Endurance (WEC) que terá a sua primeira corrida a 17 de Abril, já deu início também às corridas do Tequila Patron North American Endurance Cup com as 24h de Daytona e acaba de confirmar a participação no Blancpain Endurance Series com a Audi Sport. Um total de 18 provas sendo que três delas serão de 24h (Daytona, Spa e Le Mans).
    O Blancpain Endurance Series faz parte do programa que a Audi Sport definiu esta temporada para Filipe Albuquerque e que deixou o piloto português bastante satisfeito: "Voltar a equipa WRT, e a um campeonato onde já fui bem sucedido e de onde trago boas recordações, é uma sensação incrível. Voltar aos GT's é sempre um prazer. Vai ser um ano longo, exigente, com muitas corridas e ao volante de três carros muito distintos. Não poderia estar mais satisfeito com todo este desfecho e com as perspectivas de sucesso", explicou.
    Para além disso, o ano 2016 terá a particularidade de proporcionar a Albuquerque a possibilidade de disputar três das mais emblemáticas provas de endurance: 24h de Daytona, 24h de Spa e as míticas 24h de Le Mans: "Este é o sonho de muitos pilotos e só me posso sentir privilegiado. A cereja no topo do bolo será, não só conseguir bons resultados em cada uma delas, mas sobretudo alcançar títulos. É nisso que estou focado.".
    O programa do Blancpain Endurance Series ao volante do novo Audi R8 LMS será partilhado com Sergio Jimenez e o jovem piloto vindo dos fórmulas Rodrigo Baptista. A primeira prova terá lugar em Monza de 22 a 24 de Abril.
  • Filipe Albuquerque no WEC com a RGR by Morand

    Filipe Albuquerque vai fazer o Campeonato do Mundo de Endurance (WEC) com a equipa mexicana RGR by Morand. O piloto português que nas últimas épocas fez provas do WEC com a Audi Sport regressa agora com um programa completo entre os LMP2 com o objectivo de lutar pelo título. O piloto português fará equipa com o brasileiro Bruno Senna e com o mexicano Ricardo Gonzalez (proprietário da equipa) no Ligier JS P2 Nissan.

    A primeira prova do WEC acontece a 17 de Abril com as 6h de Silverstone num total de nove provas incluindo as míticas 24h de Le Mans. Campeonato que Filipe vai juntar ao já anunciado programa com a Action Express Racing no Tequila Patron North American Endurance Cup. O piloto português está entusiasmado com o ano que se avizinha: "Depois de ter feito durante duas épocas consecutivas o ELMS, o meu objectivo passava por disputar a época completa do WEC. Juntar-me à RGR By Morand é fantástico pois vou estar numa equipa competitiva e com objectivos bem definidos. Somos três pilotos experientes com ambição de vencer não só o Campeonato como as 24h de Le Mans. Estou ansioso por pilotar o Ligier, uma vez que será a primeira vez ao volante de um LMP2 fechado. Estão reunidas as condições para ser bem sucedido", referiu Filipe, recém chegado das 24h de Daytona onde conseguiu o quarto lugar na emblemática prova americana.

    O calendário do WEC pode ser consultado em: http://www.fiawec.com/races.html
  • Filipe Albuquerque perto do pódio nas 24h de Daytona

    A quarta participação de Filipe Albuquerque nas 24h de Daytona podia ter-se traduzido em mais uma vitória na emblemática prova americana, não fosse, cerca de três horas e meia do final, um problema no eixo traseiro do Corvette. Na altura do acontecimento Filipe Albuquerque estava na primeira posição da tabela e viu-se obrigado a uma entrada forçada nas boxes para resolver o problema, perdendo cinco voltas com a operação. Ficava assim por terra as aspirações do piloto português e dos seus companheiros de equipa, João Barbosa, Christian Fittipaldi e Scott Pruett de subir ao lugar mais alto do pódio, quedando-se por um inglório quarto lugar.

    Uma corrida dura mas sem percalços para o quarteto Action Express Racing até àquele momento, o que deixa Filipe com um amargo de boca: "Foi uma enorme desilusão. Os primeiros lugares foram sempre muito disputados mas estivemos sempre lá. Víamos a vitória como uma realidade a alcançar e de repente todo o trabalho e esforço a traduzir-se somente no quarto lugar. Não é um mau resultado, mas não era o que estávamos á espera. Fica a satisfação do excelente trabalho que pilotos e equipa fizeram ao longo de toda a corrida. Nada há fazer, sabíamos que o sucesso dependia de um sem número de factores. Agora já só penso em Sebring e na vitória que queremos conquistar", explicou o piloto português que liderou a prova durante várias horas.

    Todas as informações e resultados das 24h de Daytona podem ser consultados em: www.imsa.com

  • Filipe Albuquerque com a Action Express Racing

    Filipe Albuquerque aceitou o convite da Action Express Racing para disputar o Campeonato Norte Americano de Resistência. O piloto português vai efectuar as quatro provas que compõem o calendário dividindo a condução do Corvette bi-campeão com João Barbosa, Christian Fittipaldi e com Scott Pruett apenas em Daytona. Albuquerque regressa assim ao campeonato americano na categoria principal com o intuito de somar, prova a prova, vitórias e terminar com o título de campeão.

    A primeira prova a disputar será já a 30 e 31 de Janeiro nas 24h de Daytona, depois a 19 de Março com as 12h de Sebring, seguida das 6h de Glen a 3 Julho. A fechar a temporada, Petit Le Mans a 1 de Outubro.

    Os testes realizados a semana passada com a equipa assim como as prestações que teve nas últimas três edições das 24h de Daytona e o seu vasto palmarés foram determinantes para que este convite se tornasse efectivo: "Estou muito contente por poder fazer parte de uma equipa tão profissional e motivada para alcançar os objectivos a que se propõe. Para além disso, poder fazer equipa com dois pilotos que falam português é diferente do habitual e interessante. São todos pilotos experientes no Campeonato, várias vezes vencedores das 24h de Daytona. Não poderia estar em equipa melhor", referiu Filipe Albuquerque piloto oficial da Audi Sport.

Facebook

Twitter

Último Instagram

DESTAQUES DA CARREIRA

2015 - Piloto Audi Sport desde 2011

2015 - 3º ELMS

2014 - 2º ELMS

2013 - 1º 24h Daytona, GTD class.

2011 - 3º Blancpain Endurance Series

2010 - 1º Race of Champions

2010 - 2º Campeonato de GTs Italiano



2009 - 3º A1GP

2007 - 4º World Series by Renault

2006 - 1º Formula Renault Eurocup

2006 - 1º Formula Renault Norte Europeia

2005 - 3º Formula Renault Alemã (Melhor rookie)

Piloto Audi Sport
Filipe Albuquerque

audi logo up
zeiss logo up
Stilo logo up